sexta-feira, 15 de junho de 2012

O idoso não pode ser abandonado



Esta semana aconteceram fatos que me fizeram pensar muito mais sobre o nosso futuro porque nosso reloginho só vai caminhando para a "melhor idade" como alguns rotulam a terceira idade mas será que pode ser considerada desta forma?

Vou relatar o que tomei conhecimento por pessoas muito próximas da situação de uma senhorinha de quase noventa anos.

Ela é viúva, mora sozinha, o filho mora muito longe, pelo que soube é um bom filho ela que não o deixar cuidar dela como se faz necessário por sua idade avançada. Com a idade as pessoas as vezes ficam um pouquinho teimosas, rejeitam ajuda e muitas vezes acabam elas mesmas afastando familiares e amigos.

De um ano para cá toda a vizinhança começou a perceber que ela estava definhando, já não fazia higiene pessoal necessária incomodando inclusive quem mora no mesmo andar com o mau cheiro/ bichos peconhentos que saiam do seu apartamento.
Várias vezes tentaram entrar para ajudar mas ela nunca permitiu.
Sempre dizendo que queriam roubar o dinheiro dela.

Esta semana ela caiu de fraqueza pois faziam quinze dias que não se alimentava e começou a gritar pedindo socorro.
A vizinhança correu e ela precisou vir se arrastando pois não conseguia ficar de pé para abrir a porta e prestarem socorro a ela.
Quando entraram foi um choque, ela estava pele e osso, toda urinada, mal cheirosa, toda suja, fezes e urina por toda a casa, as pessoas não sabiam nem onde pisar tamanha era a imundice do apartamento e o mal cheiro sufocante.
A quantidade de baratas era apavorante, pelas paredes, chão, móveis, cozinha então um horror, era uma situação inimaginável, ninguém jamais imaginaria que aquele apartamento estivesse naquela situação. Geladeira cheia de comida podre, bichos por todo lado, foram inúmeros sacos de lixo lotados para a lixeira.

Com muito custo conseguiram dar um banho nela que relutava, não queria de forma alguma, providenciaram uma faxineira, comida, levaram suas roupas para lavar, segundo soube era uma montanha de roupas imundas jogadas por todo lado, realmente um horror no sentido mais amplo desta palavra.

Alguém já havia acionado o tal 100 que é para acudir idosos e animais por maus tratos mas vieram tempos atrás viram tudo e sabem o que fizeram? NADA!
Disseram que tinham que ter ordem do juiz para que tomassem providências agora me digam, se recebem uma denúncia relatando a situação precária em que vive o idoso já tem que vir preparados para leva-lo pelo menos para ser tratado, depois acionam familiares, etc mas não fazer nada achei um absurdo!

Novamente foi acionado o número 100 relatando detalhadamente a situação, pedindo urgência, já se passaram três dias e ninguém apareceu, a própria Xuxa falou várias vezes este número quando falou de sua vida, acho que ela não sabe que este número não funciona como deveria.

A família veio, segundo soube ela será levada para uma excelente casa de repouso enquanto isto algumas vizinhas é que estão levando alimentação e cuidando da limpeza do apartamento e dela também que agora está de banho tomado e já consegue ficar de pé ou seja, idosos a partir de certa idade não podem ficar sozinhos, tem que ter a presença de alguém para não chegar a uma situação absurda como esta.

Nossos velhinhos merecem muito amor, atenção, carinho, não podem ser abandonados como lixo, vamos olhar por eles porque um dia seremos nós e certamente não vamos gostar de viver uma situação como esta, AMOR E CARINHO sempre fazem bem a alma e ao coração de qualquer ser humano.

Hoje escrevi muito não dava para ser de outra forma, precisava contar isto para vocês, repassem para seus amigos, familiares para que todos cuidem dos seus idosos como eles merecem, beijo carinhoso no coração de cada um de vocês, bom final de semana.

19 comentários:

Anônimo disse...

Realmente, Ro, há muitos idosos que não aceitam o apoio de parentes, por não quererem incomodar. Mas o fato é que, agindo assim, no final acabam por "incomodar muito mais". Outros não aceitam por não quererem perder a "independência".
Mas para essas pessoas que de fato abandonam os seus idosos, o dia delas chegará.

Reg Rohsner disse...

É muito cruel mesmo. Muitos idosos, ainda que sendo cuidados por algum familiar, passam a ter comportamento muito difícil complicando a vida. Eu "cuido" de uma velhinha de 83 anos, há uns 15 anos já. Tem problema psiquiátrico desde os 33 de idade, é irmã do meu sogro. Sempre viveu em asilos, hospícios ou na casa dos irmãos. Tem 2 filhos evaporados. Levo aos médicos, compro remédios, toucador, roupas e a devolvo ao asilo (ela é a melhorzinha lá). Ela tem benefício de um salário mínimo (apos. por invalidez) - A viúva do meu sogro é quem divide as despesas comigo. O custo mensal gira em torno de 2 mil. Acredita que no recadastramento suspenderam o benefício, pois ela não é lúcida sequer para me autorizar ser sua procuradora. O Ministério Público me processou, tive que requerer a curatela dela. Estou resolvendo isso, e já estou há um ano sem receber o benefício dela, mas estamos pagando tudo...excelente ajuda do Estado pra um idoso senil e esquizofrênico, com sequelas de AVC, atendido pela esposa de um dos 15 sobrinhos (ausentes) - eu que não sou nada dela, sou processada...vc acredita?

Rosana Soares Brigagão disse...

Anônimo com certeza nós todos chegaremos lá mas estes que abandonam que não esperem mto pq a LEI DO RETORNO existe e e dura!
Temos que fazer a nossa parte sempre.
Beijinsssssss

Rosana Soares Brigagão disse...

Reg do céu que barra hein amiga?

Ajuda do governo só JESUS, é um absurdo cortar o vencimento de um idoso, isto é maldade demais, processar quem está cuidando então é inadmissível, imperdoável, amiga estamos vivendo o Mundo Cão mas o importante Reg é vc estar tranquila pois está cumprindo a sua parte e com certeza Deus não te esquecerá querida, beijinhos no seu grande coração.

Vera do sullllll disse...

Olá!
Queremos ficar velhos, conhecer netos ver o progresso da família, mas ficar só é ruim... Tenho um abengado irmão que mora com a minha ma~e que tem87 anos e eu eutro irmão vamos diariamente vê-la e ajudamos nas despesas dela.... Ela precisa de oxigenioterapia e tem máquina que o produz. Tem um excelente plano de saúde e carinho . Vive bem assim eu quero ficar velha também, caso contrário não.
Bjs

marthalobato disse...

Fiquei emocionada com êste caso ,e deve existir muitos outros por aí.Beinhos querida.

Rosana Soares Brigagão disse...

Martha pode ter certeza q devem ter muitossssssss o que é mto triste, pois mais que eu escreva ninguém jamais conseguirá imaginar a cenda horrorosaaaaaaa, triste, triste!@ Beijinhos

Rosana Soares Brigagão disse...

Que bom Vera que sua mãezinha está tendo cuidados, amor e carinho e certamente nós tb teremos, quem planta colhe! Lindo finde p vc Menina do Friooooooo rs,rs,rs,sr

Conceicao salles disse...

Gente, sao relatos como este q nos faz crer, q mesmo q nao tenhamos casos desses tao tristes em nossa familia, podemos e devemos auxiliar os mais velhos, com acoes ainda simples para nos, mas ja complexas para eles, seja na rua, no supermercado, etc, um gesto, um sorriso, como diz a ro, eh doar carinho.

Coração Agradecido disse...

Nao penso assim. Penso q a familia deve se impor e tomar providencias. acho muito responsabilizar o governo.

o governo deve ser responsabilizado pela falta de atençao de maneira geral, em asilos,lugares humanos, cuidados, etc., mas nao assim de forma tao particular. a familia é q tem q dar conta. até p encaminha-la.
se um filho "tao bonzinho" nao consegue dar conta...

o Estado tem é q nao atrapalhar e ajudar como no caso ao lado (de Reg Roshner).

Coração Agradecido disse...

Aliás, Rô,há mais de uma decada, eu tb conheci um caso deste,. de uma idosa assim, no teu predio.... hehe

Acho q é muito uma coisa cultural tb.
Algumas culturas simplesmente isolam os idosos.

Betty Gaeta disse...

Oi Rô,
Esta história está com jeito de Doença de Alzheimer. Minha mãe teve e é uma luta! No começo levei com ela em casa com 3 empregadas, mas depois tive que colocá-la em uma casa de repouso, por um preço assustador. Por sorte ela tinha vários rendimentos e deu para cobrir os gastos, mas imagino o que seja para uma pessoa de classe média ter uma pessoa com esta doença. Fizeram a coisa certa, a internaram, pois não dá para ficar com este tipo de pessoa em casa. Sei de doentes que sairam pela porta da frente e nunca mais voltaram. A família está procurando até hj, mas um doente deste sequer sabe quem é, como pode voltar?
Não sabia deste telefone!!!
Bom final de semana!
xoxo

www.gosto-disto.com

Patricia Soares Brigagão Teixeira Mendes disse...

Inacreditável!

Rosana Soares Brigagão disse...

Carminha concordo com vc, a família tem que olhar por seu idoso, não pode jamais abandoná-lo mas infelizmente é o que mais vemos todos os dias nos noticiários e através de pessoas conhecidas mas existem "familiares" que se aproveitam da situação para uso pessoal dos recursos financeiros do idoso, conheço vários casos, é triste saber q existem pessoas assim. bjks querida de Lumiar

Rosana Soares Brigagão disse...

Betty tb acho que ela tem O ALEMÃO, uma pessoa normal jamais ficaria numa casa na situação em que se encontrava a dela, jamais!
Tenho amigas que familiares tb tem esta triste doença e precisaram internar, infelizmente chega um momento dificílimo mas a decisão teve que ser tomada.
Posso imaginar seu momento com sua mãe que não foi fácil mas o importante é que vc fez tudo por ela.
O pai de uma amiga só não desapareceu pq moram numa cidade pequena, família mto conhecida, todos sabiam do problema do pai e um rapaz o viu andando sozinho pela cidade e viu logo que havia fugido, conseguiu com mto jeitinho levá-lo de volta mas poderia ter sumido como tantos outros.
Importante que as pessoas tenham conciencia que IDOSOS MESMO QUE TEIMEM, FIQUEM NERVOSOS não podem ficar abandonados, precisam de acompanhamento.
Bjs querida, lindo domingo p vc.

Rosana Soares Brigagão disse...

É Pat, a situação era CHOCANTE, qdo nos encontrarmos te conto tudinho beijins sister, lindo domingão

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Li seu comentário lá no "Começar de novo", cuja postagem era nesse mesmo tema. Vim conferir sua postagem.
Concordo, claro, com tudo.
Não, por já ser idosa, sempre agi com respeito e cuidado com todos mas, principalmente com crianças e idosos.

Parabéns, pela sua postura. Obrigada, pela partilha de temas tão importantes.

Um abraço,
da Lúcia

Rosana Soares Brigagão disse...

Seja bem vinda Lucia a minha casinha, gosto muito de fazer novas amizades, conversar com pessoas inteligentes, sensíveis que amam o próximo, gosto de gente que tem coração, que sabe o que é respeito pelos mais velhos que qaundo chegar a uma certa idade voltam a ser como crianças e nós temos que assumir o cuidado com eles.
Gosto mto de brincar, de dar gargalhadas mas existem momentos em que é necessário falar sério para alertar aqueles que estão próximos não é verdade?
Vamos fazendo a nossa parte, dando exemplo aos mais jovens de como devem cuidar dos seus velhinhos pq é para lá que todos caminhamos, não somos eternos infelizmente rs,rs,sr,rs...
Venha sempre me visitar,vou gostar muito grande beijo, domingo felizzzzz p vc.

Angela Silveira disse...

Que relato impressionante e triste ainda bem que existem pessoas como você e seus vizinhos, parabéns a todos.
Angela Silveira