sexta-feira, 17 de junho de 2011

Infância e deliciosas brincadeiras



Vivemos tempos muito diferentes, cheio de tecnologias, as crianças ficando cada vez mais presas dentro de casa diante de computadores, jogos eletrônicos, os brinquedos quase todos tem baterias, pilhas inclusive as bonecas que cantam, falam, dançam não são mais como a minha boneca Chiquinha que na época era o máximo, abria e fechava os olhinhos, uau, minhas amiguinhas ficaram morrendo de inveja porque na rua ninguém ainda tinha uma assim.

Naquela época nós brincávamos como crianças, as meninas com suas bonequinhas, fogões, panelinhas, carrinhos de bebê para carregar suas “filhas”, ferros de passar, cordas, velocípedes (tenho maior trauma porque meus pais não me deram uma bike e até hoje não consigo me equilibrar e morro de inveja de quem senta e sai por aí, que raiva!rs,sr,rs,sr). Não queriam que eu ralasse minhas pernoquinhas gorduchas, fala sério!

Os meninos se penduravam em árvores, soltavam pipas, jogavam pião, bolas de gude, futebol claro, jogos como Ludo, Dama, Banco Imobiliário que eu adoro até hoje, como foi gostosa minha infância. Brincavam de pic esconde e pic bandeira, será que alguém hoje conhece estas brincadeiras?




As festas de aniversário preparadas por nossos pais na sala de casa toda decorada com balões coloridos, chapéus, apito “olho de sogra” vocês lembram?
Todos os docinhos e salgadinhos eram feitos em casa, o bolo era encomendado na Cave cobertos com glacê de manteiga, eu adorava, eram deliciosos e lindos. Nós participávamos de tudo, eu adorava enrolar docinhos, passar no açúcar cristal, fazer bolinhas com a massa dos pasteizinhos deliciosos de minha mãe, biscoitinhos, gente, que saudade das minhas festinhas!

Vejo estas festas mirabolantes hoje nas casas de festas e acho a coisa mais sem graça do mundo, você chega já está tudo pronto, você não participa de nada, acho que as festas daquela época eram muito mais gostosas e divertidas.

Tinha a brincadeira de colocar o rabo no burro, colocava-se a venda nos olhos de um dos participantes, giravam o pobre coitado até ele ficar zonzo e queriam que ele acertasse o lugar do rabinho do burro, só por milagre rs,rs,sr... e a corrida de sacos , eu adorava, levava cada tombo mas queria continuar, todas brincadeiras bobinhas mas muito divertidas.

Hoje é um barulho enlouquecedor, aquelas “animadoras” que mais gritam do que animam, eu fico louca para festa acabar e chegar no silêncio delicioso da minha casa.

Tudo bem, vivemos outros tempos , tudo agora é moderno, moderníssimo demais mas acho que as criancinhas da minha época realmente viveram na  Época da Inocência e todos temos recordações maravilhosas para contar aos nossos filhos e netos!


4 comentários:

Vera do sullllllll disse...

Olá!
Bem escrito, bem falado....
As brincadeiras faziam com que gastásssemos energia, depois de um bom pão com mel....
Hoje é o espetáculo... a cada evento uma nova invenção.
Tudo a seu tempo e tudo com a sua hora.
... Que bate a saudade,bate...
bjs

Rosana S. Brigagão disse...

Bom dia Verinha, na rua onde eu morava havia um número enorme de italianos e como elas comiam aquela broa redonda com azeite e sal, eu ia na onda, adoravaaaaa!
Tomate com açucar rs,sr,rs,rs, cd coisa q até Jesus duvida rs,sr,sr...lembra de Lenço Atrás? Amavaaaaa esta brincadeira, ensino todas p minha netinha, ela adora, bons tempos!
Lindo dia p vc querida.

a vizinha disse...

Não tem a menor dúvida que s festas de antigamente eram fantásticas popis todos participavam. Muitas brincadeiras de criança ficaram no esquecimento. Eu adorava pular corda e jogar amarelinha ! As crianças dormiam ouvindo as mamães cantarem ou contarem histórias. Hoje elas dormem ao som dos jogos de computador Mas não podemos ser saudosistas, a vida muda constantemente. Só podemos lamentar que as criaças de hoje não tenham podido ter esse gostinho que tivemos.

Rosana S. Brigagão disse...

Vizinha, podemos pular amarelinha no calçadão o que vc acha?? Eu adorooooooo e já ensinei p Joaninha,brincadeirinha super gostosa!
As festinhas com as guloseimas todas feitas em casa e com nossa participação tinham outro sabor, eu curti mto as minhas e dos meus filhos,tempos bons!
Ótimo fim de semana p vc.